terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

das finanças pessoais...

 
Como boa assalariada que (ainda!) sou, fim do mês significa ordenado na conta. ;-)
Começa então um autêntico conjunto de lutas internas para que não sobre mês, nem lista de compras.
Sempre fui uma moça poupada (forreta, segundo a malta lá de casa!). Sempre perdi algum tempo todos os meses a organizar os dinheiros, mas com este novo objectivo de vida, surgiu todo um novo mundo.
Isto porque é muito gira a ideia de deixar de ser assalariada, mas alguma fonte de rendimento que substitua o ordenado tem de haver, já que eu tenho o péssimo hábito de comer todos os dias. :-)
 
Assim sendo, pensei e porque não partilhar os avanços e recuos nesta área lá no blogue? Sempre posso aprender e trocar ideias com os leitores. :-)
Alinham?

:-)


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

In love...

Eu sou uma fã assumida das colecções da Lanidor, sobretudo das colecções de Primavera/Verão.
E no domingo ao espreitar a montra da marca no Centro Comercial Vasco da Gama apercebi-me que mais uma vez este ano terei sérios problemas. ;-)
Já em casa e numa rápida visita ao site, pude comprovar isso mesmo.
Assim, de repente, isto foi o que me saltou à vista...











P.S- o problema é a incompatibilidade com a minha carteira. Vida de pobre é dura!!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Sunday's report...


Domingo à tarde. Solinho bom. Quase parecia Primavera. Dia de folga. Dia ideal para espairecer. Esquecer os problemas, nem que seja por alguns instantes.
E foi o que eu e a mana decidimos fazer no domingo passado.
O local escolhido foi o Parque das Nações e que bem que se andava por lá.
Solinho com fartura e bastante vento (mas sem frio), para limpar a mente.
Um gelado para adoçar o dia e no regresso uma espreitadela rápida às montras.
E foi tão bom e tão simples ser feliz por uns instantes!.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Arrume a sua casa, arrume a sua vida / Marie Kondo

Porque esta pessoa não vive só de livros de lazer, hoje trago-vos uma sugestão de um livro de aprendizagem.
Eu sou, por natureza, uma pessoa sempre disposta a aprender coisas novas. Aliás, eu vejo e uso a internet nesse sentido, p.e. o meu interesse nos blogues advém do espaço de aprendizagem e partilha extraordinários que são!!!
Ora, com os livros não é muito diferente. Eu adoro ler como momento de descontração, lazer e diversão, mas também adoro ler livros como instrumentos de conhecimento, livros que me ensinem alguma coisa.
E a sugestão que vos trago hoje é um exemplo perfeito disso... um livro que já me ensinou tanto, ao ponto de estar constantemente a relê-lo e de inclusivamente o ter comprado.
Sim, este é um dos poucos livros que me fez gastar dinheiro em livros. E valeu cada cêntimo.
Volta e meia lá sai ele da estante e eu aprendo algo novo.
 
 
Sinopse:
«Cada coisa no seu sítio!»… quantas vezes não ouvimos as nossas mães ou avós a dizer isso? A verdade é que, no tempo delas, era mais fácil fazê-lo; elas não viviam rodeadas dos gadgets e dos mil e um pequenos objetos que «atafulham» as nossas casas, nem tinham saldos quatro vezes por ano para encher os armários de roupa que nunca se chega a vestir… Temos de o admitir: hoje em dia, a maior parte de nós tem a casa cheia de «tralha». E o problema é que essa tralha que nos rodeia tem uma influência muito subtil mas profundamente negativa na nossa qualidade de vida. Habitar um espaço desordenado faz-nos ser mais desorganizados na maneira de pensar e de nos comportarmos. A fórmula é simples: espaços desarrumados e feios resultam de estados de espírito infelizes, e causam ainda mais infelicidade; espaços bonitos e arrumados resultam numa vida bonita e arrumada. Mas como o conseguir? Afinal, limpar a «tralha» das nossas vidas dá tanto trabalho que a maior parte de nós nem saberia por onde começar… É aqui que entra o método mágico de Marie Kondo, a especialista japonesa em arrumação que está a fazer furor em todo o mundo. Arrume a Sua Casa, Arrume a Sua Vida é o best-seller internacional que está a transformar a vida de milhões de leitores em todo o mundo. Revela os segredos e ferramentas simples, práticos e profundamente sábios de Marie Kondo para deitar fora o que não interessa, cuidar do que interessa e transformar os espaços que habita em ambientes de tranquilidade e ordem.
 
Já conhecem o método de organização KonMarie?
É um método de organização da casa e da vida, desenvolvido ela japonesa Marie Kondo, baseado num destralhe profundo da casa e, consequentemente da vida, que nos leva a ficar apena com aquilo que nos traz alegria (e aqui acrescento eu, tem uma verdadeira utilidade na nossa vida!!!)
 
Eu recomendo!!
 
Dou 5 estrelas!!!

domingo, 12 de fevereiro de 2017

As serviçais / Kathryn Stockett

Se houvesse uma lista do meu Top 10 literário preferido este livro figurava nele, sem dúvida!
Este é, sem margem para dúvidas, um dos meus livros preferidos de sempre.
Pela história, pela mensagem que transmite, pela escrita da autora...

"You is kind,
You is smart,
You is important!"

Já leram?


Sinopse:
Skeeter tem vinte e dois anos e acabou de regressar da universidade a Jackson, Mississippi. Mas estamos em 1962, e a sua mãe só irá descansar quando a filha tiver uma aliança no dedo.
Aibileen é uma criada negra, uma mulher sábia que viu crescer dezassete crianças. Quando o seu próprio filho morre num acidente, algo se quebra dentro dela. Minny, a melhor amiga de Aibileen, é provavelmente a mulher com a língua mais afiada do Mississippi. Cozinha divinamente, mas tem sérias dificuldades em manter o emprego… até ao momento em que encontra uma senhora nova na cidade.
Estas três personagens extraordinárias irão cruzar-se e iniciar um projecto que mudará a sua cidade e as vidas de todas as mulheres, criadas e senhoras, que habitam Jackson. São as suas vozes que nos contam esta história inesquecível cheia de humor, esperança e tristeza.
Uma história que conquistou a América e está a conquistar o mundo.

Dou 5 estrelas!!!

sábado, 11 de fevereiro de 2017

O anjo caído / Daniel Silva

Hoje trago-vos uma sugestão de leitura...


Sinopse:
Depois de ter sobrevivido por um triz à sua mais recente missão, Gabriel Allon, o herói dos serviços secretos israelitas, refugiou-se por detrás dos muros do Vaticano, onde se encontra a restaurar uma das obras-primas de Caravaggio. Mas certa manhã, bem cedo, é chamado à Basílica de São Pedro por monsenhor Luigi Donati, o influente secretário privado de Sua Santidade o Papa Paulo VII. Foi encontrado o cadáver de uma bela mulher debaixo da magnífica abóbada de Miguel Ângelo. A polícia do Vaticano suspeita de suicídio, mas Gabriel não concorda.
E, segundo parece, o mesmo se passa com Donati, que receia que uma investigação pública possa vir provocar no seio da Igreja e, por isso, chama Gabriel para que ele descubra discretamente a verdade. Com uma advertência: «Regra número um no Vaticano», diz Donati. «Não faça demasiadas perguntas.»
Gabriel descobre que a mulher morta desvendara um segredo perigoso, que ameaça uma organização criminosa que anda a pilhar tesouros da Antiguidade e a vendê-los a quem oferecer mais dinheiro. Mas não se trata apenas de ganância. Um agente misterioso planeia uma sabotagem que irá mergulhar o mundo num conflito de proporções apocalípticas…
 
Eu sou fã deste autor.
Acho que já li quase todos os livros dele publicados em Portugal.
E acontece sempre a mesma coisa: envolvência total com a história, o enredo, as personagens... levando mesmo a deixar para trás outros livros que esteja a ler na altura e focar-me completamente nele. E acreditem que são poucos os autores que conseguem isso comigo!
Com este voltou a acontecer isso mesmo. A história de Gabriel Allon voltou a prender-me completamente.
 
Dou 4 estrelas!!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

L´ éclair

No que toca a experimentar novas comidas, sou uma pessoa muito sugestionável. :-)
Não posso ouvir falar de um sítio novo que produza umas belas iguarias e o local vai directamente para a minha lista dos locais a visitar (sim, eu tenho uma lista assim e com avaliação e tudo!!! #aloucadaslistas).
De modos que, assim que ouvi falar que em Lisboa abrira um espaço dedicado exclusivamente e éclaires, ele entrou logo para a dita lista.
Entretanto, já tive oportunidade de o visitar e experimentar as delícias que por lá se confecionam e só vos digo Oh!!! Antro de perdição!!! Deus do céu!!! Aquilo é o paraíso na terra!!
Tudo lá é bom. Os bolos, o chocolate quente, o ambiente, o espaço, a decoração, o atendimento...
O que vale é que moro longe senão não havia carteira que resistisse, já que era moça para lá cair batidinha todas as semanas. ;-)
Agora, atentem na fotos que eu tirei...



 
 
São poucas, eu sei. Mas a gula falou mais alto, desculpem!!!
Recomendo completamente!!!

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Bookworm in action!!!

Que fique já esclarecido (e bem esclarecido!) que eu não vivo para trabalhar. Eu trabalho para viver (que é bem diferente!!).
É certo que pretendo deixar de ser assalariada, mas enquanto isso não acontece recuso-me a ser escrava do trabalho e vou apreciando o melhor que posso o que a vida me vai dando.
Logo, sou uma moçoila que não diz que não a um bom momento de lazer. Seja um passeio, uma bela refeição ou uma simples tarde a vegetar no sofá e a ler um livro.
Vai daí lembrei-me de partilhar aqui a literatura que vai passando pelos meus belos olhos castanhos (que um dia a terra há-de comer ;-))
 
A primeira sugestão que vos trago é...



Sinopse:
Gemma Ranford quer tanto obter o emprego oferecido para catalogar os documentos de uma das famílias mais antigas de Edilian, a família Frazier, que está disposta a lutar por ele. Fascinada por História e desesperada por terminar a sua tese de dissertação, Gemma acredita que aqueles papéis lhe fornecerão novas informações essenciais para imprimirem novo fôlego à sua investigação. O que ela não espera encontrar são as repetidas referências à Pedra dos Desejos do Coração, um talismã mágico que, reza a lenda, concederá desejos a quem detenha o apelido Frazier. Se algo tão poderoso caísse nas mãos erradas, toda a família poderia ficar em perigo - mas, à semelhança da maioria das pessoas, Gemma considera que não passará de um mito. No entanto, à medida que vai passando mais tempo com a família, apercebe-se de que os desejos mais secretos de todos os Frazier estão, lentamente, a tornar-se realidade - e que ela, entretanto, está a apaixonar-se perdidamente pelo filho mais velho da sua empregadora, Colin. O problema é que Gemma não é a única a ter reparado que os poderes mágicos da pedra despertaram... e há um ladrão internacional à espreita. Trabalhando em conjunto, Gemma e Colin terão de encontrar a pedra antes que esta possa ser usada contra a família, mas não o farão sem que cada um dos seus desejos mais profundos tenha sido descoberto...

Ora aqui está uma bela forma de passar uma tarde de domingo.
Um romance ligeiro, divertido, fácil de ler. Daqueles mesmo bons para nos fazer esquecer os problemas e apenas aproveitar as páginas do livro.

Dou 4 estrelas!!

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Caminhos possíveis...


Um dos primeiros passos a dar nesta cruzada para deixar de ser assalariada é avaliar as diferentes formas de o conseguir.
Debrucei-me sobre o caso, pensei, reflecti, li, estudei aprofundadamente o caso e o estudo resultou em algumas hipóteses:

- Euromilhões
pois sim! Esta era forma ideal! Sem qualquer tipo de esforço! Só apostar e pimbas!! Dinheiro na conta!
Não fosse um detalhe altamente importante: o bendito prémio não encontra o caminho da minha conta bancária! Maldito!! (E se eu lhe oferecer um GPS será que resulta?) ;-)
É certo que não sou a apostadora mais regular (e aqui vocês dizem - e com razão!- se não apostas como queres ganhar?), mas volta e meia lá deposito o meu valor na Santa Casa. Já podia ter visto algum retorno, mas claramente a balança pende para o lado da Santa Casa!!

- herança
neste caso, é fundamental a existência de familiares com contas bancárias recheadas e estar na primeira linha de sucessão.
Ora o que é que acontece: nem familiares com contas recheadas, nem estou na primeira linha deles. Creio que posso abolir esta hipótese!

- ser patroa
este já é um caso a ter em conta!
Tinha a sua graça deixar de ser assalariada para passar a ter assalariados à minha guarda!!
No entanto tenho um problema: falta-me o pilim para investir num negócio próprio!! (Aqui o Euromilhões podia dar igualmente uma ajudinha!!!)

- reforma
aqui tenho o problema de todos os jovens: creio que quando chegar a minha hora não haverá dinheiro para reformas já que a Segurança Social, e o dinheiro que religiosamente lá depositamos hoje, já era!! (Mais um caso onde o Euromilhões era importante pois podia aceder à reforma antecipada!! ;-) )

- independência financeira
Este é um conceito que só ouvi falar recentemente (e que tenho que aprofundar mais!!) mas que achei que tem um melodia muito agradável: ter o dinheiro a trabalhar para mim e viver de rendimentos.
Não sou totalmente contra. Pelo contrário tudo a favor!!!
Problema: onde está o dinheiro para os ditos investimentos? (Mais uma vez era uma grande ajuda ganhar o Euromilhões!!)

Posto isto, e analisando o quadro: acho que tenho um (grande) desafio pela frente. A não ser que - lá está!- o Euromilhões encontre o caminho da minha conta bancária. (É, sem dúvida, a solução para os meus problemas está no Euromilhões!!)

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

The first one...


Ao fim de quase dez anos de vida laboral, acho que é chegada a altura ideal para iniciar esforços para atingir um dos meus objectivos de vida: deixar de ser assalariada!
Vamos lá ver como isto corre... :-)