domingo, 10 de setembro de 2017

Dinheiro ou multibanco?





Todos os meses é a mesma tourada, chega o dia de receber e fazer contas e lá vem a dúvida: e agora para o dinheiro do mês, uso dinheiro vivo ou multibanco?

Basta uma pequena pesquisa na net e os gurus das finanças pessoais são peremptórios em dizer que devemos pagar sempre em dinheiro. Pois, assim temos uma consciência mais real do dinheiro que gastamos e inconscientemente estamos a poupar.

No entanto, no meu caso ainda não me consegui decidir se poupo mais pagando em dinheiro ou com multibanco.

Concordo que os pagamentos com multibanco obrigam a um controlo maior, mas se tivermos o valor máximo para se gastar bem definido e esse controlo for feito em papel (basta um simples post-it) e registando tanto os pagamentos como os levantamentos é relativamente simples manter o controlo. Para mim, o multibanco tem uma vantagem: o acesso. Eu sou muito preguiçosa para ir ao multibanco. Nunca me apetece lá ir e deixo de comprar muitas coisas por causa disso, acabando por poupar.

Já o caso do dinheiro também temos de ter claramente definido o valor máximo a gastar de cada vez que se vai às compras, porque a tentação do gastar também é grande. Afinal ele está na nossa carteira, em sítio de fácil acesso.

Confesso que nos últimos dois/três anos tenho optado, sobretudo, pelo levantamento logo no início do mês do valor e ir pagando com dinheiro. No entanto, não acho que tenha poupado mais com isso. Aliás tenho-me apercebido que em certas alturas, ter dinheiro na carteira é um perigo para mim. Contudo, como trabalhava longe de casa convinha ter sempre comigo algum dinheiro, então acabava por optar sempre pelo dinheiro.

No entanto, este novo trabalho trouxe-me uma grande vantagem: fica a 5 min. de casa. Logo a despesa do passe foi abolida e apesar de lá estar apenas à um mês não tenho sentido grande vantagem em ter sempre dinheiro na carteira.

Os gastos diários estão reduzidíssimos à goludice de um bolo à tarde (que acontece muito raramente) e ao totoloto que coloco uma vez por semana e que pode ser feito ao fim de semana. Assim, acho que no próximo mês vou experimentar a técnica do multibanco para ver como corre.

E vocês como fazem? Usam dinheiro ou multibanco? E no caso de usarem multibanco como controlam as saídas?

5 comentários:

  1. Eu tenho que ter sempre muita atenção porque no final do mês tenho que lá ter dinheiro para três coisas: o seguro da médis (que sai logo a dia 1), a Nos (que temos que pagar normalmente até dia 4) e para as aulas de música que tenho. Normalmente prefiro levantar dinheiro para a semana (para compras que sejam precisas) mas sempre que faço algum pagamento com o cartão tiro o extrato para saber a quantas ando. Até ver tem corrido bem, tenho é que andar sempre atenta e fazer bem as contas no início do mês! Só compro alguma coisa depois de ter a certeza que não vai prejudicar as contas no final do mês.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... acho mesmo que o grande truque é andar sempre de olho bem aberto, mas é tão cansativo é desgastante...

      Eliminar
  2. Eu partilho o sentimento de preguiça para levantar dinheiro! Por isso acabava sempre por usar o multibanco mas é verdade que assim tornava-se mais fácil ultrapassar o valor mensal estipulado para gastos "extra". Não conseguia controlar tanto o que gastava porque acabava por deitar fora os talões e quando ia a ver já tinha gasto imenso dinheiro e sem saber bem onde.

    Agora mantenho uma folha excel sempre actualizada onde aponto o vencimento recebido naquele mês, as despesas todas fixas, e o valor fixo a manter em poupança. O que sobrar é o valor que levanto para extras (saídas, compras desnecessárias, etc) e acabo por ficar com esse valor na carteira para ir gerindo até ao fim do mês. Por acaso até acabo por gastar menos dinheiro assim porque quando abro a carteira e vejo logo o dinheiro que me sobra, consigo controlar o impulso de fazer uma grande despesa desnecessária porque depois sei que fico sem dinheiro, já que estou mega proibida de assaltar a conta bancária assim que terminar este "plafond" ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu quando uso só o multibanco uso um simples post it para controlar o dinheiro que posso gastar, mas acontece que volta e meia fico com menos de 10€ e lá se vai a hipótese de levantar dinheiro. Daí muitas vezes optar pelo levantamento do valor do mês no início. Mas depois passo o mês com medo de ser assaltada. Vivo neste dilema:-)
      Agora sem dilemas nenhuns é apontar todas as despesas que faço. Foi um hábito que ganhei quando comecei a ter ordenado é que nunca abandonei :-)

      Eliminar
  3. O multibanco tem, para mim, uma enorme vantagem: é muito mais fácil controlar o que vamos gastando, bastando para isso ver os movimentos no extracto/home banking. Pagando em dinheiro, temos de andar a coleccionar e somar recibos...

    ResponderEliminar