terça-feira, 9 de maio de 2017

Prioridades!



Ultimamente tenho percebido e consciencializado a importância que as prioridades devem na nossa vida, seja na questão da gestão do tempo, nas finanças ou até em sociedade.
Defini-las é um processo complicado, moroso e difícil, porque implica muitas vezes silenciar os "barulhos externos" e pensarmos em nós em primeiro lugar. E isso é difícil e complicado porque vivemos em sociedade e os outros importam.
É um processo que pode levar muito tempo, porque implica um profundo autoconhecimento e isso pode ser desmotivador.
Mas uma vez definidas, as nossas prioridades e o grau de importância delas nas nossa vida, viver torna-se mais simples.
Porque vamos identificar mais facilmente o que nos faz felizes, o que temos realmente de fazer e dedicar o nosso tempo e deixa para trás o que não interessa.
Não há prioridades certas ou erradas. Cada um tem as suas e são plenamente válidas (ok! matar alguém é óbvio que não é!).
Ao contrário do que muita gente pensa, as prioridades não são estanques. Evoluem consoante vamos crescendo, aprendendo e vivendo.
Mas o primeiro passo (e fundamental!) é defini-las e isso faz toda a diferença.

2 comentários:

  1. As prioridades vão mudando consoante as trasnformações que ocorrem na nossa vida, é mais que natural! =)
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar