terça-feira, 14 de março de 2017

sobre o sistema de envelopes...



Eu já uso o sistema de envelopes para a gestão mensal dos meus gastos há alguns anos.
Descobri-o na internet, numa das milhares de pesquisas que já fiz sobre finanças pessoais.
Acho o sistema bastante eficaz no que toca a ajudar a poupar para as despesas anuais (como seguros, imi, etc), tornando os meses todos iguais e acabando com os meses mais apertados.
São igualmente eficazes para nos ajudar a controlar melhor o dinheiro que temos para as despesas do dia-a-dia (como supermercado, lazer, etc).
No meu ponto de vista, este sistema tem dois problemas:
   1. implica andar diariamente na carteira e dinheiro vivo levante problemas de segurança;
   2. no caso das poupanças anuais, quanto mais se aproxima a data de pagamento das despesas, maior é o montante que temos em casa, o que coloca novamente problemas de segurança.
Por isso, não são raras as vezes que dou por mim a pensar em formas de continuar a utilizar este sistema, mas a tentar encontrar uma forma mais eficaz de o controlar sem que isso implique andar com envelopes atrás de mim.
E, ultimamente, motivada por todas as alterações que tive de fazer no orçamento, esta dúvida regressou.
Será que existe uma forma eficaz de controlar o dinheiro, usando o sistema de envelopes, sem ter de os ter fisicamente?

2 comentários:

  1. Não sei se já resolveste este problema, mas uma das formas é abrires uma conta se despesas de manutenção para cada envelope que tens e passas a transferir para lá,todos os meses,o valor que costumas por dentro dos envelopes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Obrigada pela sugestão!
      Entretanto arranjei uma solução que tem funcionado. Vou fazer um post a explicar.
      Beijinhos

      Eliminar