Bazar da Assalariada

domingo, 7 de novembro de 2021

Planos furados!!!

 Lembram-se de ter comentado por aqui que terminara a segunda fase trabalhosa do ano e que teria de esperar cerca de 2 anos para voltar a ter semelhante animação?

Pois bem! Os planos saíram completamente furados!!

Soube esta semana que a 2 de dezembro regresso ao estado trabalhoso lá no gabinete. Que alegria!! (#soquenão!) Ainda a pessoa não teve tempo de recuperar e já está enfiada noutra.

Resultado: novembro significa férias forçadas para tentar recuperar o que conseguir!!

Enfim...

domingo, 31 de outubro de 2021

Dia Mundial da Poupança 2021


 

Hoje comemora-se mais um dia mundial da poupança!

Partilho convosco três dicas que, nos últimos meses, fizeram alguma diferença nas minhas poupanças:

  1. se vou comprar um artigo de alimentação, para consumo diário, aposto em marcas brancas ou no preço mais baixo. Afinal há que garantir que se come o mês todo;
  2. Se vou comer algo que não faz propriamente bem à saúde (chocolate, fast food, batatas fritas, gomas) gasto o menor valor possível. Afinal, isso já não faz bem, para quê também arruinar a nossa carteira?;
  3. Criei a minha reserva de oportunidades. Todos os meses aloco um valor para esta categoria e devo confessar que já me permitiu aproveitar grandes oportunidades, que me fizeram poupar uns bons trocos.
E a vocês como têm corrido as poupanças?

sábado, 23 de outubro de 2021

diário financeiro # 7 | segredos do orçamento

 


Hoje partilho convosco alguns segredos que nos podem ajudar com o nosso orçamento:

  • adequar o nosso lifestyle aos números e não o contrário - é obvio que todos nós gostávamos de ir jantar fora todas as semanas, viajar mais, fazer escapadinhas sempre que há um fim de semana prolongado, mas a verdade é que a maioria de nós não pode. Pelo menos se não quiser viver afogado em dívidas. Mas o lazer é bom e faz bem. E é também o principal vilão do nosso orçamento, assim há que deixar uma folguinha mensal para viver a vida (ir jantar fora, comprar uma peça de roupa, dar um passeio em família, etc), para ajudar a manter a motivação para pouparmos;
  • apostar na simplicidade e rapidez, no que respeita à gestão - e aqui eu sou muito má nisto. Tenho uma enorme tendência para complicar o que é simples, mas é quando simplifico que a coisa correr melhor. Mote para 2022: simplificar, simplificar, simplificar;
  • Apostar em números realistas - só assim se evita ir buscar dinheiro à poupança;
  • aprender a fazer shopping lists realistas - se por algum motivo este mês não temos tanto dinheiro disponível, a lista de compras deve refletir isso;
  • Encarar o valor da poupança como uma dívida - se não falhamos o pagamento do crédito da casa, porque falhamos o pagamento a nós próprios?;
  • fazer um orçamento todos os meses - porque todos os meses são diferentes e os valores podem ser atualizados;
  • ter um diário financeiro - ajuda-nos a monitorizar o nosso progresso;
  • ter uma reserva de oportunidades - ter um colchão para uma eventualidade é uma excelente ideia. A reserva de oportunidades é diferente da reserva de emergência. Serve para aquelas mega oportunidades que surgem quando o orçamento já está estoirado, e perdê-las é um mau negócio.

domingo, 17 de outubro de 2021

Money mindfulness | Cristina Benito



Sinopse:

Seguindo um método revolucionário que associa o conceito de mindfulness aos segredos dos empreendedores mais bem-sucedidos no mundo, aprenderemos a gerar, poupar e multiplicar o nosso dinheiro, sejam quais forem os nossos rendimentos - e as questões financeiras deixarão de ser um problema.

Se decidir pôr em prática algumas das sugestões e revelações feitas neste livro, o que pagou por ele será o melhor investimento da sua vida.


 A minha opinião...

Pois que sendo eu uma fã assumida da Marie Kondo, quando numa ida ao hipermercado dou com a "Marie Kondo das finanças" e ainda por cima com 50% de desconto decidi logo que o livro tinha de vir comigo.

Pois que estou a relê-lo pela terceira vez e a cada leitura aprendo coisas novas.

Este livro a semelhança do que acontece com os livros da Marie fazem lembrar uma cebola. 

São cheios de camadas e a cada leitura retiramos uma camada e com ela vem carregado de novos conhecimentos. 

Super recomendo este livro!

É uma lufada de ar fresco nos livros de finanças pessoais, sem dúvida. :-)

sábado, 9 de outubro de 2021

diário financeiro # 6: do orçamento - parte 2

 


Setembro trouxe consigo muito trabalho, mas trouxe também uma excelente notícia, totalmente inesperada: um aumento de salário, que não estava de todo nos planos. :-D :-D :-D
O valor não é muito grande (até porque quase metade dele, foi "comido" pelos impostos), mas é muito bem vindo!
Ora, esta novidade trouxe com ela, obviamente, um novo orçamento.
Eu sempre tive o hábito de quando recebo algum extra - IRS, subsídios, aumentos - o valor vai direitinho para a poupança. Nem sequer entra nas contas!
Mas também sei que a vida vai acontecendo e é natural haver mais despesas e afins.
Vai daí decidi alterar um pouco as coisas.
Vamos lá ver se consigo explicar de uma forma percetível...
o que eu fiz foi, tendo por base o valor mínimo que receberia se começasse a trabalhar hoje na minha profissão, defini o meu novo orçamento, tendo por base o método 50/30/20.
Quero com isto dizer que, imaginando que eu começava hoje a trabalhar, receberia um valor totalmente limpo de qualquer aumento.
Como seria natural esse valor teria de suportar as minhas despesas e poupanças.
A seguir apliquei a minha versão do método 50/30/20: ou seja, 50% do valor será para poupar; 30% será para as despesas fixas e 20% para viver.
Depois foi só aplicar os valores respeitantes aos 30% e 20% no novo ordenado e o restante fica para poupança.
O orçamento de outubro já contemplou esta nova modalidade de orçamento.
Até ao momento está a correr bem.
Vamos ver o que acontece até ao fim do mês...
Também implementei algumas alterações ao nível da gestão diária, mas isso é tema para outro post. :-)