Bazar da Assalariada

segunda-feira, 9 de maio de 2022

Cenas que me ultrapassam...

 Haver DOIS lugares de estacionamento vazios e o condutor estaciona onde?

Em cima do passeio, claro!!!

A falta de civismo dos condutores portugueses é gritante e está cada vez pior.

Só se pensa no próprio umbigo.

Nem se lembram que as urgências acontecem a todos e não só aos outros!!

🤦‍♀️🤦‍♀️🤦‍♀️

sábado, 30 de abril de 2022

Já foste! | Abril

 


Em Abril, cá por casa terminaram bastantes produtos:

  • Amaciador Absolut Repair da LÓreal - Não gostei!
Este amaciador comprei-o com o shampoo que falei no último mês e tal como shampoo também não vou voltar a comprar este amaciador. Definitivamente, o meu cabelo não gosta desta marca!
  • Desodorizante Caudalie - Não sei o que dizer... não gostei particularmente, mas também não "desgostei" particularmente.
Cumpre a sua função minimamente, não gosto do cheiro (mas isso é um problema que eu tenho com a Caudalie, não gosto do cheiro que os produtos desta marca têm), mas também não me senti mais "limpa". Depois de acabar a segunda embalagem vou regressar ao meu favorito de sempre.
  • Bandas depilatórias para buço Body Natur - ADORO!
São aquelas que funcionam melhor na minha pele super sensível e que consigo melhores resultados e mais duradouros.
  • Sabonete para peles oleosas Cattier - ADORO!!
Eu tenho a pele da cara e corpo muito oleoasa (e sensível), então ando sempre em busca de produtos que me ajudem. Este sabonete comprei-o no Celeiro e foi dos produtos que mais resultados teve na minha pele. Já não sei quantas embalagens usei. Agora, para tentar evitar habituação e de modo a que possa usá-lo por muitos anos, estou a usar outro que também funciona muito bem. Mas este é sem dúvida, para recomprar.
  • Amaciador sólido CIEN - ODIEI!!
Tanto que nem o consegui acabar. Acabei por deitá-lo ao lixo. Com muita pena minha, mas o dito nem se desfazia. Nem diretamente no cabelo, nem nas mãos. Era simplesmente um bloco de sabonete duro e áspero. Enfim... não gostei e não recomendo!!!

em abril...

 



  • Alimentei o porquinho mealheiro;
  • Tive 11 dias de 0€;
  • Coloquei 55% do vencimento na poupança;
  • Recebi o valor das horas extra de fevereiro;
  • Vendi 2 peças do meu hobby;
  • Recomecei a minha reserva de oportunidades;
  • Não mexi no valor poupado.

sexta-feira, 15 de abril de 2022

diário financeiro #11: o PPR...



Como referi no último post, neste novo modelo para Fundo de Emergência eu estabeleci dois níveis para o mesmo:

  1.  50% do valor fica disponível na poupança;
  2.  os outros 50% vão para um sítio mais inacessível e a longo prazo.
O busílis da coisa está, precisamente, nestes 50% a longo prazo. 
Os entendidos em Finanças aconselham a ter um Plano Poupança Reforma. E eu vivo numa dualidade quanto a isto. 

Como é obvio estou preocupada com a minha reforma. Tenho consciência que a Segurança Social está em sérias dificuldades e que é pouco garantido que tenha uma reforma suficiente para me sustentar. Pelo que é urgente criar uma forma de me garantir na minha reforma.

Contudo, confesso que eu sou um pouco medrosa no que toca a investimentos. Custa-me tanto ganhá-lo e poupá-lo que a ideia de ter um BES na minha vida me deixa petrificada. Mas juntar dinheiro debaixo do colchão também não é solução. Depois ainda tenho de considerar que gosto de ter o dinheiro relativamente disponível para uma emergência. São muitos fatores a considerar.

Já por várias vezes estudei a informação sobre os diferentes tipos de PPR disponíveis no mercado, mas confesso que a linguagem utilizada não me transmite muita segurança para avançar. 

E enquanto não me decido se avanço ou não e por qual, como tinha de começar o quanto antes, há já alguns anos que decidi que o valor que vou juntando nos CTT seria o meu PPR. 

Basicamente, defini um valor anual que junto e aplico em Certificados de Aforro ou de Tesouro (conforme o que render mais) e que é o meu fundo de emergência a longo prazo.

É certo que não ganho fortunas em juros, mas parece-me que é dos investimentos com retorno mais seguros. Não sei se faço bem ou mal, mas é o que temos. :-)

E vocês têm um PPR?
Aconselham algum?

quinta-feira, 31 de março de 2022

Já foste! | Março


 Em Março terminei:

  • Shampoo Pure Resource da 'Oreal - Não gostei!!
Não vou voltar a comprar. O meu cabelo, claramente, não gosta da L'Oreal. Estou a acabar o amaciador da mesma marca de que todos falam maravilhas, mas eu não gostei. Nem do shampoo, nem do amaciador. No caso do shampoo acho que não limpa o meu cabelo em profundidade e apesar de ser para cabelos oleosos, não senti que tivesse algum efeito nessa área.
  • Protetor térmico Resistance da Kérastase - ADORO!!
É o meu protetor térmico para o cabelo preferido de sempre. Eu não gosto de usar sprays. Acho que não protegem realmente, porque produto evapora-se muito rápido, enquanto o colocamos. Este é em creme e no inverno não vivo sem ele. Coloco-o sempre antes de secar ou esticar o cabelo com as plaquinhas.