sábado, 10 de outubro de 2020

de regresso...


Depois de umas longas e merecidíssimas férias, estamos de volta.

Com as energias renovadas e muitas ideias.

Espera-me um ano muito difícil, de muito MESMO!!!

Mas também de muita aprendizagem.

Espera-me um ano de muitos desafios, mas também de muitas aventuras. :-)

Vamos a ele, então...

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Em Setembro...

 
  • Fiz anos;
  • A mana fez anos;
  • A sobrinha do coração fez um aninho. Está uma crescida!
  • Estive 3 semanas de férias;
  • Regressei aos crafts;
  • Tive 22 dias de 0€.

Foi um mês para descansar e recuperar energias!

terça-feira, 22 de setembro de 2020

A fonte silenciosa | Victoria Fox


Sinopse:                                   

Lucy Whittaker é o centro das atenções… mas pelos piores motivos. Está prestes a tornar-se a mulher mais odiada de Inglaterra e precisa desesperadamente de sair de Londres, onde, aliás, já não lhe resta nada. Perdeu o emprego, os amigos, a casa… perdeu-o a ele… A sua vida, tal como a conhecia, acabou.

Em desespero, Lucy responde a um anúncio de emprego numa mansão isolada na Toscana.
O que pode ser mais perfeito do que um esconderijo italiano? 
Mas o imponente e misterioso Castillo Barbarossa revela ser bem mais do que o paraíso de isolamento pelo qual Lucy ansiara. Do sótão vêm sons estranhos; a silenciosa fonte do pátio nunca chega a secar, e por que motivo é que a proprietária da casa nunca aparece?

À medida que os dias passam e as noites escondem mais e mais inquietações, Lucy dá por si a investigar a casa, os seus segredos… e a trágica história de amor cujo eco se faz ainda sentir.
A Fonte Silenciosa é um romance repleto de emoção, surpresas, traição e escândalos. É um livro que vai permanecer consigo, mesmo nos momentos em que não o está a ler…

A minha opinião:

Tenho ideia que este foi o primeiro livro que li desta autora e não fiquei particularmente fã da escrita.

História típica, sem ação, sem grande emoção. Mais do mesmo!

Não gostei!

 

Dou 1 estrela!

domingo, 20 de setembro de 2020

Francesinha Marco

Dias antes de ser declarada a quarentena e o confinamento obrigatório houve ainda tempo para festejar condignamente um objetivo de vida: acabar com a dor de cabeça!
Para tal, escolhemos ir conhecer a Francesinha do Marco.
Foi a primeira vez que provei uma francesinha e gostei.
Contudo, devo dizer que, para mim, este é um prato de conforto. Um prato para os dias frios de inverno e, sobretudo, para comer ao almoço, seguido de uma bela tarde de passeio. É que a dita enche, mas enche!
De qualquer forma, recomendo o restaurante!

Aqui  fica o registo fotográfico para a posteridade!







Claro que teve de haver sobremesa!!!

sábado, 19 de setembro de 2020

diário financeiro #1: ser financeiramente saudável...


Nesta jornada financeira é importante termos bem claro quais são os nossos objetivos, o que pretendemos alcançar com ela.

No meu caso, eu pretendo essencialmente ser financeiramente saudável e, em última instância, atingir a paz financeira.

E o que é que eu entendo por ser financeiramente saudável?

De um modo muito simples e direto, pretendo com o meu vencimento pagar todas as minhas despesas, poupar e viver a vida sem ter de me preocupar com contas. Ou seja, pretendo chegar ao fim do mês com 50% do meu vencimento poupado para a concretização dos meus sonhos, as minhas despesas fixas e essenciais totalmente pagas e ir aproveitando o que a vida me dá de bom (ir jantar fora porque me apetece, ir passar um fim de semana fora, etc.) sem ter de fazer grande contas. Sem ter me fazer opções ou escolhas. Sem ter de fazer grandes sacrifícios.

E como pretendo fazer isso?

Dado que sou assalariada, o meu vencimento não depende propriamente de mim. Agora, depende de mim lutar todos os dias para melhorar isso. Para melhorar o meu desempenho profissional e com isso abrir portas a eventuais promoções e progressões que me trarão mais vencimento ao fim do mês. E isso meus amigos, estou lá todos os dias!!

Também depende de mim fazer uma gestão eficaz do meu vencimento e é nisso que eu me vou focar. 

Na vida é importante percebermos quais as lutas que devemos ter e apenas nos preocuparmos com aquilo que realmente controlamos. 

Por mim, há muitos anos que tinha sido promovida, mas eu não tenho nenhum controlo sobre isso (obrigada Orçamento de Estado!). 

Agora posso controlar o meu desempenho profissional diário, a minha atitude, o meu comportamento, aperfeiçoar os meus conhecimentos, o meu crescimento enquanto profissional. E um dia, estou certa, o reconhecimento virá.

Posso igualmente controlar a forma como gasto o vencimento, trabalhar a disciplina de cumprir os objetivos financeiros a que me proponho, não gastar indevidamente, etc.

Assim sendo, a ideia é nas finanças, à semelhança do que já acontece no mundo laboral, preocupar-me apenas com aquilo que eu posso controlar e deixar nas mãos de Deus o resto.

E vocês? O que pretendem atingir?