quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Como poupei na compra de livros de lazer?



Durante a pandemia e com as bibliotecas fechadas, tive fazer algo que não sou muito apologista: comprar de livros de lazer.
Mas quis poupar ao máximo.
E que truques utilizei?
  1. comprei três livros num só;
  2. aproveitei as feiras do livro do Pingo Doce, do Continente e comprei livros com 50% de desconto;
  3. procurei ler mais devagar, para o livro durar mais tempo;
  4. serviram como prendas de anos e Natal. Cá em casa as coisas são muito estimadas e os livros não são exceção. Então quando acabamos de ler um livro ninguém diz sequer que ele foi aberto. Está simplesmente impecável. Como sabem eu gosto do método de arrumação da Marie Kondo então assim que acabamos de ler o livro ele já cumpriu a sua função para nós, mas pode fazer alguém igualmente feliz, então porque não oferecê-los?
  5. quando as bibliotecas reabrirem, doarei também alguns livros à biblioteca. Isto porque todos sabemos que numa crise financeira, o primeiro setor a ter cortes é o setor da cultura. Dado que a pandemia foi bastante cara para o Estado e para os municípios em particular, as bibliotecas foram os primeiros equipamentos a ficar sem verba. Sei que com a minha doação, não resolverá o problema, mas poderia ajudar.
E vocês bookaholics como têm feito?

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Bom Ano de 2021!!


 

Será ainda muito tarde para desejar um BOM ANO  a todos?

Espero que não. :-) 

Por aqui o inicio de 2021 foi sinónimo de trabalho, muito trabalho que só acalmou porque me colocaram em isolamento profilático porque estive em contacto com uma pessoa que testou COVID-19. Por prevenção a DGS colocou-me em casa. Sem sintomas, até ao momento!

2020 foi o que todos sabemos, mas que não deixou de ser um bom ano porque não só mantive o meu trabalho, como ele aumentou exponencialmente. Todos tivemos saúde e só por isso já foi um excelente ano.

Confesso que pelo ano extramente atípico que tivemos os objetivos ficaram um pouco de lado, mas também tive pouca disponibilidade. 2021 será melhor!

Para este novo ano as palavras de ordem serão:

Simplicidade, foco e disciplina!

Eu sou uma pessoa que tende a complicar o que é simples e simplificar o que é difícil. Então volta e meia vejo-me em encruzilhadas e ansiedades desnecessárias. E tenho lido muito que a simplicidade ajuda muito no controlo da ansiedade. Vamos tentar!

Sinto que preciso de melhorar o meu foco, que me disperso muito em tarefas, que não sei dizer que não e que por isso me vejo muitas vezes assoberbada pelas coisas.

E preciso muito melhorar a minha disciplina em alguns aspetos, por exemplo sou muito preguiçosa para cuidar da pele, apesar de nos últimos tempos ter melhorado muito e até a minha irmã já o ter mencionado. Agora preciso treinar a força de vontade para manter esse hábito e outros na minha vida.

BOM ANO!!

quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

Mealheiro Literário 2020


Faltam poucas horas para terminar 2020. É hora de balanços!
Este foi um ano diferente.
Afinal, vivemos uma pandemia que nos trouxe uma nova realidade.
Este ano pela primeira vez na vida (e porque a minha fonte de literatura esteve mais de 2 meses encerrada!) gastei dinheiro em livros para o lazer.
Já por aqui referi que apesar de ser uma leitora ávida, me recuso a gastar dinheiro em livros de lazer. Em livros que apenas leio uma vez. Para isso recorro sempre à biblioteca da minha cidade.
No entanto, com estes maravilhosos equipamentos encerrados, tive de recorrer à compra.

Vamos então aos números…

Biblioteca:
  1. Ritual de amor - 16,90€
  2. Uma casa de campo - 15,90€
  3. Como vento selvagem - 17,70€
  4. Caffé  Amore - 12,90€
  5. O homem que perseguia a sua sombra - 20,90€
Total poupado - 84.30€

Compra:
  1. Casamento em Veneza (Encontra-me em Itália - 20,90€)
  2. Viagem a Capri
  3. Regresso a Itália
  4. O filho pródigo -16,60€
  5. A fonte silenciosa - 15.90€
  6. A noiva - 15,90€
  7. Construir um amor (Histórias escolhidas - 19,90€)
  8. Uma luz na tempestade
  9. O homem dos meus sonhos
  10. A rapariga nova - 17,91€
  11. Sete guardanapos - 16,50€
  12. És capaz de guardar um segredo? - 16,90€
  13. A praia das pétalas de rosa - 17,70€
  14. Crie alegria no seu trabalho - 12.96€
  15. Lição de Tango - 15,93€
  16. Cinco dias de vida - 17,50€
Total gasto - 204.61€

Feitas as contas se retirarmos o valor que poupei nos primeiros meses porque consegui ir à biblioteca gastei 120.31€. 
No entanto, o valor real gasto foi muito inferior, pois tirando o livro da Marie Kondo e o livro do Daniel Silva todos os outros livros foram comprados recorrendo a um conjunto de estratégias de poupança.
E vocês como fizeram?

Nota: o valores apresentados foram retirados da Wook.
    .

Em Dezembro...

 


  • Tem sido uma luta para ser produtiva quando estou em casa. No primeiro confinamento foi fácil mas agora...;
  • Renovámos a decoração natalícia por completo;
  • Começou este mês um ano de muito, mas mesmo muito trabalho;
  • Vi, depois de muitos anos, a minha cidade voltar a engalanar-se para receber o Natal;
  • Houve uma sushizada em família;
  • Deu para cumprir as tradições natalícias de fazer a árvore de Natal, o calendário do advento, etc.;
  • Visitámos a sobrinha do coração;
  • O Natal e o Ano Novo foram em casa. Viva a festa do Pijama!!!
  • Houve 18 dias de 0€.

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Em Novembro...

 


  • regressei ao horário desfasado;
  • perdemos a conta às ruturas na rede de água da nossa rua. Nem vos digo o transtorno que foi;
  • as prendas de Natal estão despachadas;
  • Comemorou-se o Halloween em casa como se quer;
  • Regressámos ao Estado de Emergência e ao confinamento (muito obrigada aos portugueses mega responsáveis. Está tudo farto disto, mas cumprir as regras que podem acabar com isto está quieto!);
  • dediquei-me ao destralhe e arrumações;
  • Foi mês de subsídio de Natal;
  • Comecei a preparar 2021;
  • Houve folga extra por causa do feriado municipal;
  • Tive 21 dias de 0€.
Foi um mês muito caseiro...